Até mesmo quem nunca se interessou sobre o mundo do vinho, com certeza já ouviu falar da Cabernet Sauvignon, afinal, ela é a uva tinta mais cultivada do mundo!

Mas o que é que faz dela uma uva tão especial? Bom, para responder esta pergunta, vamos enumerar alguns tópicos:

  1. É uma uva extremamente versátil, que consegue originar vinhos de diversos estilos de acordo com a região em que é plantada e a forma como é vinificada. Você vai encontrar por aí vinhos leves, encorpados, vinhos rosés, espumantes, e por aí vai;
  2. É bastante resistente a pragas, de fácil cultivo e se adapta bem a diferentes climas e solos, motivo pelo qual podemos encontrá-la em todos (ou quase todos) os países vitivinicultores do mundo;
  3. De maneira geral, os vinhos produzidos com a Cabernet Sauvignon possuem boa capacidade para envelhecer e ganhar complexidade;
  4. Funciona muito bem em cortes com outras uvas, agregando cor, acidez, taninos e sabores bem marcantes ao vinho.

Vinhedo de Cabernet Sauvingon em Napa Valley, EUA | Foto: Stone Edge Farm

Quando jovem, os aromas típicos de um vinho produzido com a Cabernet Sauvignon misturam frutas negras, como cassis, amora, groselha, ameixa e mirtilo, com aromas herbáceos, como menta e eucalipto, e, quando a fruta não amadurece completamente, podem surgir alguns aromas de pimentão verde, o que se tenta evitar.

Para te ajudar a compreender melhor esta uva tão famosa, criamos um vídeo que explica, de maneira bem simples e super visual, um pouco da história da uva, suas características básicas, aromas e sabores, formas de harmonização, entre outras curiosidades.

Quer entender um pouco mais sobre o que está dentro da sua taça? Então aperte o play!


GOSTOU? Para novidades diárias, nos siga também no Instagram e inscreva-se em nosso canal no Youtube!