Nada pode influenciar tanto um vinho quanto a temperatura em que ele é servido. É sério, viu! A temperatura errada pode alterar completamente a forma como você percebe os aromas, os sabores e até a estrutura de um vinho. Por outro lado, a temperatura correta ajuda a extrair o que de melhor a bebida tem a oferecer. Então nada mais justo que utilizar essa informação a nosso favor, não é mesmo?

Criamos uma tabelinha de consulta que você pode baixar de graça AQUI e imprimir para consultar quando precisar. Aliás, quer uma dica bacana? Dá para emoldurar e usar como decoração em sua cozinha ou área de bar.

A temperatura de serviço do vinho: um guia para baixar e consultar quando precisar

Para compreender melhor como a temperatura afeta a bebida, é sempre bom destacar dois pontos importantes: vinho muito gelado, abaixo dos 5°C, pode anestesiar as suas papilas gustativas e fazer com que você sinta menos sabor. Já o vinho servido muito quente, acima de 20°C, pode perder equilíbrio e ficar com sabor excessivo de álcool.

Tá, mas como saber se o vinho está na temperatura ideal sem um termômetro? Bom, a menos que você tenha super poderes, não tem como saber a temperatura exata apenas encostando na garrafa, mas alguns truques podem te ajudar a chegar o mais perto possível do ideal. O melhor deles é gelar o vinho em um balde com gelo, água e sal (o sal ajuda a conservar a temperatura da água). Os tintos precisam de apenas 5 minutos para resfriar, mas você pode deixar uns 2 minutos a mais se for um vinho tinto muito leve. Já os brancos devem chegar a uma boa temperatura em cerca de 10 a 12 minutos no balde.

A nossa dica final é a seguinte: não quebre a cabeça!

Tudo que dissemos aqui é para ajudar você a ter uma experiência melhor com o vinho, mas não existem regras: se depois de provar o vinho na temperatura que a gente indica aqui, você perceber que gosta mais quando ele está mais gelado ou mais quente, sem problemas. Beba da forma que mais lhe agradar, mas sempre com moderação.

QUER MAIS? Também já criamos um jogo americano para degustação, que você pode baixar neste link AQUI, uma ficha técnica para degustação que você pode baixar AQUI, e um guia de aromas, que você encontra neste link AQUI.


GOSTOU? Para novidades diárias, nos siga também no Instagram e inscreva-se em nosso canal no Youtube!