Noite de queijos e vinhos ao som de música erudita e sarau poético? Hmm.. acho que vamos passar. Nada contra, até temos amigos que curtem (rs), mas o nosso lance é mais roquenrou mesmo. E para mostrar que vinho e rock têm tudo a ver, fizemos uma lista com bandas FODA de rock que emprestaram seus nomes para rótulos de vinho.

  • AC/DC

Os australianos do AC/DC lançaram uma linha de vinhos em colaboração com a também australiana Walburn Estate, que fica em Riverina, na região de New South Wales. Juntos, lançaram 5 rótulos, todos com nomes de clássicos da banda: Back in Black Shiraz, Highway to Hell Cabernet Sauvignon, Hells Bells Sauvignon Blanc, Thunderstruck Chardonnay e You Shook Me All Night Long Moscato.

Os vinhos dos australianos do AC/DC levam os nomes de grandes sucessos da banda.

  • Motörhead

Depois de lançar uma cerveja, um whisky e uma vodka com a marca da banda, o Motörhead lançou, em 2010, uma linha de vinhos, produzidos em Hunter Valley, na Austrália. Tanto o tinto, como o rosé são elaborados com a variedade símbolo do país, Shiraz, e custam cerca de 15 dólares. A banda também comercializa uma linha da taças de vinho com a sua marca.

Motorhead Shiraz e Motorhead Shiraz Rosé

  • The Rolling Stones

A maior banda de rock ainda em atividade não tinha como ficar de fora do wine businness. O vinho que leva o icônico logo dos britânicos no rótulo é um 100% Merlot de Mendocino County, na California. Eles sugerem que o vinho seja harmonizado com a coletânea Forty Licks, que dá nome ao vinho, ou com o álbum Exile On Main Street. Opinião do Umami: Exile it is! Esse álbum é uma coisa surreal. Dá pra ouvir todos os dias da vida sem enjoar. Imaginem com uma garrafa de vinho! Bom, se vocês nos seguem no Instagram, já devem ter visto que a gente adora fazer harmonizações de vinho de discos de vinil. Coisa linda ver que os Stones também curtem!

Será que o vinho dos Rolling Stones é tão icônico quanto a banda?

  • The Police

Os britânicos também têm seu próprio vinho. O The Police Synchronicity Red Blend é um corte de Carignan, Zinfandel, Syrah, Petite Sirah e Grenache, que ainda leva 1.5% da branca Viognier. O vinho é produzido em Mendocino County, na California, com uvas de cultivo 100% orgânico.

The Police Synchronicity Red Blend

  • Slayer

É sério que Slayer também tem vinho? É sim! O Slayer Reign In Blood 2015 é um Cabernet Sauvignon californiano bem clássico, pesado, com bastante notas provenientes do estágio em barricas de carvalho americano (não somos nós que estamos falando! Tá na ficha técnica do vinho). Mas isso nem importa. O que importa é que a caixa dele é um caixão! hahaha Demais, né?

Slayer Reign In Blood 2015

  • Pink Floyd

O vinho que leva a marca da icônica banda Pink Floyd (hors concours aqui no Umami) foi lançado em 2007. É um Cabernet Sauvignon, produzido em Mendocino County, California, por Mark Beaman. Ele leva o nome e a imagem de um dos álbuns mais famosos da banda: The Dark Side of the Moon. Aparentemente, ele está esgotado. Estamos torcendo fortemente para um revival (do vinho ou da banda).

O vinho The Dark Side of The Moon

  • Iron Maiden

Iron Maiden não seguiu o mesmo caminho de outras bandas, e decidiu produzir seu vinho no Chile. Diversas edições do Iron Maiden Eddie’s Evil Brew foram lançadas ao longo dos anos, cada uma homenageando um álbum: Seventh Son of a Seventh Son, The Final Frontier, Powerslave e Somewhere in Time.

Iron Maiden Eddie’s Evil Brew, o vinho do Iron Maiden.

  • Queen

Outra banda que decidiu variar um pouco o local de origem do seu vinho foi o Queen, que lançou o seu Millionaire Waltz Malbec em 2013, produzido em Mendoza, na Argentina, pela Bodegas Fabre. O vinho leva o nome da música Millionaire Waltz, do álbum A Day at The Races, de 1976.

Millionaire Waltz Malbec, vinho da banda Queen

  • Whitesnake

David Coverdale é fã de vinho desde a época do Deep Purple. Já externou publicamente sua predileção pelos brancos da Borgonha: “I’m a total Puligny, Chevalier and Chassagne-Montrachet fan” (“sou um fã total de Puligny, Chevalier e Chassagne-Montrachet”), declarou o músico para a Wine Spectator em 2010. Mas o vinho que lançou com o nome de sua banda, uma parceria com Dennis De La Montanya, foi um Zinfandel tinto, bem californiano.

Whitesnake Zinfandel

  • KISS

O Kiss não tem um vinho, mas uma linhas de vinhos, todos produzidos na California, EUA.O Monster Cabernet Sauvignon é um californiano robusto e com bastante influência de madeira. O Shout Out Chardonnay é um branco seco e bem leve, que presta homenagem ao single Shout It Out Loud. Já o Zin Fire Zinfandel é um zinfandel bem clássico, redondo, frutado e de final adocicado.

A linha de vinhos da banda KISS.


GOSTOU? Para novidades diárias, nos siga também no Instagram e inscreva-se em nosso canal no Youtube!